Bitcoin: O que é e como funciona.

Faala, Pobre Mortal! Provavelmente você já escutou falar sobre bitcoin e sobre esse mercado de criptomoedas que tem ganhado cada vez mais espaço no mercado financeiro, principalmente nos últimos meses.

Neste artigo você irá entender:

  • O que é Bitcoin;
  • Como funciona o Bitcoin;
  • Como Investir em Bitcoin;
  • Atenções que você deve ter nesse mercado;

O que é Bitcoin?

O Bitcoin nada mais é do que uma moeda, assim como o real, o dólar, o euro, entre outras. Só que nesse caso é uma moeda digital, ou seja, uma criptomoeda. Que foi criada para substituir os atuais meios de pagamento.

Sendo assim, a ideia é facilitar as transações feitas via internet, na qual ela é transferida de pessoa para pessoa sem ter que passar por um banco.

Apesar do Bitcoin estar se tornando muito popular nos últimos anos, ainda é um mercado muito novo. Dessa maneira, como investimento, ainda é um investimento de alto risco.

Então, se você ainda está iniciando na Bolsa de Valores, tem diversas outras opções mais seguras para você conhecer.

Como funciona o Bitcoin?

Por ser uma moeda digital, ela não existe fisicamente. Você não irá comprar e guardá-la em um banco, em sua carteira ou no bolso da sua calça.

O bitcoin ficará guardado em uma carteira virtual, no seu computador ou celular.

Todas as negociações feitas com o bitcoin são registradas, através da criptografia, em uma espécie de banco de dados mundial, chamado Blockchain, que é a tecnologia que permite que as transferências sejam realizadas de forma segura, sem a necessidade da intermediação de um banco.

Para utilizar o bitcoin você precisará de uma assinatura digital, que nada mais é do que um código. E a partir disso a transferência é analisada e realizada dentro de poucos minutos.

Como investir em Bitcoin?

Para comprar Bitcoin hoje, você pode investir de duas principais formas:

  • Através de uma corretora: Ideal para quem quer investir nessa criptomoeda apenas para se beneficiar de sua valorização, o que facilita muito o processo.
  • Através de uma bolsa: Que permite usar as criptomoedas para realizar compras, mas aí já requer a configuração de carteiras virtuais, sendo um processo mais complexo.

A melhor forma para você, irá depender dos seus objetivos hoje, do seu capital e do conhecimento técnico que você já possui.

Uma curiosidade muito importante de ressaltar é que apesar do bitcoin valer hoje dezenas de milhares de dólares, você pode comprar frações de um bitcoin.

O que favorece você que quer investir na moeda, mas ainda possui um capital inicial pequeno.

Atenções que você deve ter nesse mercado!

  • Oscilações do valor da moeda: Assim como nas ações, as criptomoedas são ativos muito voláteis, que podem te fazer ter ganhos grandes, mas da mesma forma pode te fazer perder muito dinheiro.
  • O mercado não é regulamentado: Ou seja, as transações realizadas, não possuem a fiscalização de nenhum órgão como a CVM ou o Banco Central.
  • Roubo e perdas de criptomoedas: Como é uma moeda digital, e fica armazenado em um arquivo em seu computador, caso você perca esse arquivo, ou seja alvo de hackers, por exemplo, você não conseguirá mais acessar seus bitcoins e irá perdê-los.

Então a questão aqui é que para investir em Bitcoin, assim como outros ativos, você precisa de conhecimento, e saber quais são os riscos que esse investimento traz para você.

E assim decidir se vale ou não a pena investir.

Bons investimentos!

Deixe um comentário