Fundos de Tijolo: Quais suas vantagens?

Fundos de tijolo
See also:

Fala Pobre Mortal! Você já sabe o que são fundos de tijolo e quais suas vantagens?

Investir em imóveis é muito comum entre o brasileiros, e os fundos de tijolo são uma ótima forma de você realizar esse investimento.

O que são Fundos de Tijolo?

Fundos de Tijolo tem como objetivo investir em imóveis físicos prontos ou para construir e dessa forma gerar renda para os cotistas, através do aluguel ou venda dos mesmos.

Dentro dessa classe de fundos existem diversos setores:

  • Lajes corporativas;
  • Lojas e supermercados;
  • Educacional, escolas e universidades;
  • Agências bancárias;
  • Shoppings;
  • Salas comerciais e escritórios;
  • Galpões de logística;
  • Galpões industriais;
  • Hotéis;
  • Hospitais;

Com isso você consegue diversificar seus investimentos para que em momentos de crise, você não seja tão afetado.

Vantagens de investir em Fundos de Tijolo

Preço entrada baixo: Hoje com R$100,00 você já consegue investir em imóveis e receber parte dos aluguéis desses imóveis, ou seja, você não precisa ter milhares de reais para começar a investir em imóveis.

Diversificação: Comprando apenas uma cota de uma fundo, você pode ter direito ao aluguel de mais de 10 imóveis, com isso você estará com o risco mais diluído do que comprando apenas um imóvel na sua cidade para alugar.

Imóveis de alta qualidade: Em fundos imobiliários você investe geralmente em imóveis de primeira linha que custam milhões de reais para adquiri-los, algo que está fora da realidade de muitos.

Terceirização da burocracia: Quem investe em imóveis por conta própria sabe o quão complicado é a burocracia de contratos, ter que encontrar inquilinos, os custos de manutenção do imóvel, investindo em fundos de tijolo você terceiriza todas essas preocupações, essas “dores de cabeça” para profissionais da área.

4 dicas para escolher um Fundo de Tijolo

Foque em fundos que não estão concentrados em apenas uma região: busque aqueles que possuem imóveis em vários estados diferentes, pois dessa forma você estará diluindo seu risco em caso de uma crise regional.

Busque fundos multi-imóveis e multi-inquilinos: fuja daqueles fundos que possuem apenas um imóvel e apenas um inquilino, pois o risco atrelado a esse fundo é bem maior.

Leia os relatórios: Analise e entenda como o fundo funciona, sua vacância, perspectivas futuras, negociação de contratos com os inquilinos.

Não escolha um fundo baseado em seu yield: Muitas vezes o retorno pode estar vindo de uma renda não recorrente, como a venda de um imóvel. Portanto é preciso analisar o histórico de pagamentos do fundo e não apenas o que está pagando atualmente.

O que analisar antes de escolher Fundos de Tijolo

  • Localização dos Imóveis;
  • Tipo do Imóvel (Hotéis, Hospitais, Shoppings);
  • Quantidade de Imóveis;
  • Quantidade de Inquilinos;
  • Duração do contrato;
  • Gestão do Fundo;
  • Vacância.

Analisando esses pontos você com certeza conseguirá fazer uma melhor escolha dos fundos que devem compor sua carteira.

Por fim, podemos concluir que os Fundos de Tijolo são uma ótima opção para quem pensa em investir em imóveis para vender ou alugar.

Deixe uma resposta