INDICADORES DE LIQUIDEZ

Aprenda a analisar a liquidez das empresas

Os indicadores de Liquidez quando se falamos de uma empresa precisa ser observado algumas questões importantes. Aqui você vai aprender agora quais são esses tipos de
Liquidez existentes.

Nos Indicadores de Liquidez, temos a Liquidez Corrente, Liquidez Seca, Liquidez Imediata e a Liquidez Geral:

LIQUIDEZ CORRENTE

O calculo da Liquidez Corrente é muito simples e você encontrará as informações
para sua realização no Balanço Patrimonial do Ativo e Passivo das Empresas.

Portanto, a Liquidez Corrente irá ajudar saber por exemplo o quanto uma empresa tem realmente de ativos e passivos no curto prazo. Em outras palavras, da mesma forma isto ajudará a descobrir se ela tem mais fontes de renda possíveis ou se tem mais dívidas.

Uma interpretação possivel do índice de Liquidez Corrente é:

1 é sinal de que a empresa tem mais ativos que passivos de curto prazo
<1 é sinal de que a empresa tem mais passivos que ativos no curto prazo
=1 é sinal de que a empresa tem a mesma quantidade de ativos e passivos no curto prazo

Acima de tudo cuidado pois cada setor e nicho acabam cobrando mais ou menos liquidez para suas empresas, ou seja, tem setores que tem mais dificuldades de ter uma liquidez corrente alta, outros tem mais facilidade.

LIQUIDEZ SECA

A liquidez seca segue a mesma linha contabil da Liquidez Corrente, porém ela acaba
sendo mais criteriosa, pois ela inclui em sua composição a retirada da quantidade
de Estoque que a empresa tem.

Isto se dá exatamente por uma empresa não poder mexer sacrificar seu estoque para
poder pagar alguma dívida, pois se ela fizer isto, ela deixará de lucrar por mercadoria
vendida, assim sendo a Liquidez Seca será possivelmente menor que a liquidez Corrente.

Da mesma forma que a liquidez Corrente, à Liquidez Seca seguirá as mesmas premissas:

1 é sinal de que a empresa tem mais ativos que passivos de curto prazo
<1 é sinal de que a empresa tem mais passivos que ativos no curto prazo
=1 é sinal de que a empresa tem a mesma quantidade de ativos e passivos no curto prazo
ao se retirar a quantidade de estoque.

LIQUIDEZ IMEDIATA

A liquidez imediata, podemos interpretar como sendo uma espécie de Reserva de Emergência
das empresas, ou seja, é o dinheiro que a empresa sabe que pode mexer, sem que isto afete as
operações do negócio, pois elas estarão destinadas em um local especifico para isto.

Não há em si uma porcentagem ideal deste indicador, porém é bom que uma empresa tenha alguma
porcentagem nesta liquidez imediata pois isto ajudará à empresa exatamente a conseguir passar
por alguns problemas que podem afeta-la de forma emergencial, assim sendo, quanto maior esse
percentual, mais uma empresa consegue lidar com problemas de curto prazo sem afetar as operações
do negócio.

LIQUIDEZ GERAL

Esta Liqudiez Geral do negocio, mostrará exatamente ao gestor o quanto de ativos e passivos uma empresa
tem, acrescidos do seu patrimonio Líquido, pois se uma empresa tiver mais passivos que ativos, mostra que
ela tem mais dinheiro de terceiros (fornecedores, endividamento, financiamentos, emprestimos) do que ela tem
de geração de receita e de capital investido…

Uma forma de observar esta liquidez é exatamente igual à Seca e Corrente, porém você também deve se atentar
aos valores monetários dos seus indicadores, principalmente do seu Patrimonio Líquido. Pois sua variação poderá
indicar algum tipo de informação mais importante nas informações de Passivos principalmente para médio e longo
prazo.

Conclusão

Lembre-se que os indicadores de Liquidez são importantes para os gestores buscarem estratégias para o curto, médio e
longo prazo para conseguir saber quais as mudanças farão no negócio, porém para o investidor, esses índices ajudam a
saber qual tipo de vantagem ou desvantagem cada empresa em seu respectivo setor, pode ter em relação às suas concorrentes.

Deixe uma resposta