Perfil consumidor: conheça o seu!

Sabemos que temos modos diferentes de decidir sobre as decisões de consumo, nada melhor do que você conseguir saber exatamente qual é o seu perfil consumidor para conseguir adequar melhor suas expectativas.

Conhecer bem e fazer uma auto-analise financeira, ajudará a você conseguir estabelecer melhor suas metas e controlar seus gastos.

Com base em um protocolo utilizado pelo SPC Brasil e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) temos hoje 4 tipos de consumidores e é sobre este assunto que vamos abordar hoje!

Perfil A – Precavido

Você pensa no futuro e sabe que, para não sofrer com falta de dinheiro, é preciso paciência e tranquilidade.

Você sendo equilibrado e sensato, busca colocar na balança seus sonhos e ambições futuras, entendendo que “viver como se não houvesse amanhã” pode ser uma grande armadilha.

Se você se dedicar a estudar um pouco mais as questões financeiras e aplicar o dinheiro da maneira correta, verá que a realização de seus sonhos ficará muito mais simples.

Perfil B – Controlado

Muito bem controlado, você pondera seus gastos, diferenciando seus interesses das suas necessidades.

No entanto, por ser controlado, às vezes acaba agindo de forma unilateral perante a vida, descartando opiniões diferentes das suas.

Não gasta de forma descontrolada, porém perde possibilidade de bons investimentos e até de bons momentos, pensando mil vezes antes de tomar qualquer atitude fora de sua zona de segurança.

Agindo com inteligência, você encontrará um bom investimento que pode dar bons rendimentos e até proporcionar outros prazeres, alem do simples hábito de não gastar.

Perfil C – Impulsivo

Você compra movido pela necessidade de adquirir um bem no instante em que viu.

Você esquece dos objetivos que exigem tempo para serem alcançados, optando pela recompensa imediata em detrimento de um bem maior.

Guarde o cartão de crédito e peça ao banco para reduzir ao máximo seu limite de cheque especial para não ceder à tentação.

E não se esqueça: no dia em que receber seu salário, guarde imediatamente um pouco para investir.

Perfil D – Compulsivo

Adora “se dar” presentes e cada um deles funciona como uma espécie de alívio sentimental.

Com novos hábitos, como o de listar seus gastos e dívidas dentro de sua renda.

Você passará a gastar em coisas que realmente te dão prazer e sobrará dinheiro para você poupar e realizar seus sonhos.

Tire do fundo do baú aquelas perguntas que você não quer responder:

como você se viria se tivesse que gastar uma grande soma com um parente doente que você ama?

Pense quais são suas reais prioridades de vida: uma roupa nova ou a felicidade no curto, médio e longo prazo?

O hábito de comprar compulsivamente afeta, de acordo com o SPC Serasa, pelo menos 3% da população mundial.

Porém, uma das maiores consequências do vicio em comprar, não pode ser solucionada dentro de um consultório: a dívida.

Por isto, busque tentar entender seus comportamentos e padrões para através deles, buscar mudanças na sua vida financeira atual e futura!

Denominado transtorno de compra compulsiva (TCC) ou oniomania (no latim, onio é comprar e mania, doença).

Deixe uma resposta