Vale a pena ter uma Reserva de Oportunidade?

reserva de oportunidade

Faaala, Pobre Mortal. Se você já investe há algum tempo, com certeza já escutou falar sobre reserva de oportunidade.

Mas será que vale a pena ter essa reserva? Ou basta apenas investir todos os meses.

Neste artigo você vai aprender tudo que precisa sobre essa estratégia e te mostrarei detalhadamente se realmente vale a pena.

O que é Reserva de Oportunidade?

Ela é justamente um valor destinado a aproveitar as melhores oportunidades vistas no mercado financeiro. O conceito é basicamente esse. 

Ou seja, é um valor que você deixará investido em algum ativo de renda fixa que lhe dê liquidez para que em momentos de queda bruscas na Bolsa de Valores você consiga retirar e aproveitar essas oportunidades.

Sendo assim, você sempre estaria investindo nos momentos de queda do mercado.

As pessoas que defendem essa ideia defendem que o mercado de capitais é cíclico e, de fato, ele é e, por isso, haverá momentos de queda e momentos de alta. A reserva de oportunidade serviria para aumentar os aportes e, consequentemente, os investimentos em momentos de queda da bolsa de valores. 

Além disso, de forma mais geral, ela pode ser considerada também para aproveitar a chance de comprar algum eletrodoméstico, por exemplo, durante uma promoção inesperada. Logo, de forma abrangente, a reserva de oportunidade é destinada para aproveitar situações inesperadas. 

Investir todos os meses X Investir apenas na baixa

Ao invés de investir apenas na baixa, você pode adotar a estratégia de investir todos os meses de forma regular. Ou seja, sempre que seu salário cair em sua conta, separe uma forma para investir.

Com isso, investindo todos meses durante 10, 20 anos você irá investir em momentos de alta e baixa da Bolsa de Valores. Pois em algum momento a bolsa irá cair, seja por uma crise mundial, por notícias e ruídos momentâneos.

Mas sabe o que importa mesmo? É possuir uma estratégia de rebalanceamento de carteira. 

Ou seja, ter um método bem definido que vai te ajudar a sempre alocar seu dinheiro da melhor maneira, aproveitando as melhores oportunidades.

Uma forma de fazer isso, por exemplo, é separar sua carteira em percentuais.

Digamos que você tenha separado sua carteira como 50% renda fixa e 50% renda variável, em momentos de crise, seu percentual em renda variável vai estar menor, e esse é o momento de rebalancear, o oposto ocorre em momentos de muito otimismo, seu percentual em renda variável cresce muito e essa é a hora de investir em renda fixa.

Desta forma você sempre estará investindo nessa classe de ativos no momento de baixa.

Vale a pena ter Reserva de Oportunidade?

Há alguns anos atrás foi feito um estudo nos Estados Unidos comparando o investimentos regulares contra o investimento na baixa do mercado, e por incrível que pareça investir todos os meses obteve uma rentabilidade maior.

Ou seja, a conclusão que tiramos daqui são duas principais na minha visão:

  • Foque no seu trabalho: Ao invés de gastar horas tentando acertar o timing do mercado, invista horas em se especializar, aprender novas habilidades e fazer mais dinheiro para aumentar seus aportes.
  • Tentar acertar o timing só vai te deixar fora do mercado: Todos os momentos de crise que passaram sempre existiram aqueles cavaleiros do apocalipse falando que ia cair mais. É algo impossível acertar o timing perfeito, e isso só vai te trazer mais insegurança, e continuar deixando seu dinheiro lá parada, enquanto poderia estar lhe rendendo mais dinheiro.

Bons investimentos.

Deixe uma resposta